Viajar para o Peru está nos planos de centenas brasileiros por muitos motivos: por estar perto de casa, por não exigir visto de entrada, pelo valor da moeda e principalmente, por seus atrativos naturais, especialmente o Machu Pitcchu e o Lago Titicaca.

Mas, como em qualquer outro destino, é preciso ter alguns preparativos antes da viagem. Não é porque o Peru é nosso vizinho que ele não exija atenção com alguns pontos. Por isso, no post de hoje vamos te contar tudo o que você precisa saber para viajar para o Peru! Acompanhe:

O que você precisa saber antes de viajar ao Peru

#1. Qual a melhor época do ano?

Como acontece com a maioria dos países que possuem grandes pontos turísticos, existem épocas do ano que são mais badaladas e outras que não. Sendo assim, descubra qual a melhor para seu gosto. Você prefere passeios badalados ou dias de descanso. Há ainda que se levar em conta a questão do clima. Você prefere dias mais frios ou mais quentes.

No Peru, a alta temporada acontece entre julho e agosto, quando o clima está mais frio, mas a cidade fica recheada de turistas. Mas se você se basear pelo clima ameno, escolha um período entre abril e novembro.

#2. Quais são os documentos necessários?

Como falamos anteriormente, não é preciso de visto de entrada para visitar o Peru. Apesar disso, é preciso ter um documento de identidade atual para entrar em qualquer território do Mercosul ou mesmo, o passaporte dentro da validade. Já os menores de 18 anos precisam, obrigatoriamente, ter uma permissão emitida pela Polícia Federal Brasileira estar acompanhado por um adulto responsável.

documentos pessoais

#3. Se prepare para a altitude

Esse é um dos principais pontos que você precisa saber antes de ir para o Peru: a altitude! Como a maioria dos pontos turísticos estão localizados a mais de três mil metros de altitude, você pode sentir falta de ar, dores de cabeça e muito cansaço por conta do rarefeito. Esse é o tão conhecido Soroche, ou, Mal de Altitude.

Se isso acontecer, certamente te oferecerão o chá ou mesmo as tão faladas folhas de coca que amenizam estes sintomas. Mas existem alguns cuidados para evitar este mal estar:

  • Dormir bem e descansar bastante no primeiro dia de viagem;
  • Caminhar sempre devagar;
  • Evitar comidas pesadas, pois a falta de oxigênio dificulta a digestão;

Em alguns casos, também é válido procurar um médico antes da viagem.

#4. Escolha bem os pacotes e compre com antecedência

É preciso pesquisar bastante os pacotes de turismo no Peru, especialmente quando se fala dos passeios para o Machu Pitcchu. Existem diversas opções disponíveis para todos os bolsos. Por isso, procure bastante para encontrar aquela que mais se encaixa em seu orçamento.

Falando em passeios, vale a pena comprar os ingressos com antecedência para não correr o risco de ficar sem na hora, principalmente em períodos de alta temporada.

#5. Outras dicas

Além disso tudo, anote estas pequenas informações para não passar por confusões:

  • O idioma local do Peru é o espanhol, mas grande parte da população fala inglês. Ah, já os indígenas possuem seu próprio dialeto, mas vale a pena tentar uma conversa em espanhol;
  • A maioria dos hotéis possui voltagem 220, por isso, se informe para saber se o seu possui 110v ou transformadores (caso você precise);
  • O fuso horário do Peru para o Brasil é de duas horas, mas este tempo pode mudar durante o horário de verão em alguns estados;
  • A moeda oficial do Peru é o Soles, mas grande parte das negociações é feita em dólar. A dica é: evite negociar com cambistas nas ruas!

Pronto! Sabendo disso tudo você já está preparado para viajar ao Peru! Aproveite!

Você tem alguma outra dica para quem está pensando em viajar para o Peru! Compartilhe através dos comentários!